O que você deve saber sobre como criar um logotipo pessoal - Bravulink

W3Schools 2ª VIA BOLETO

O que você deve saber sobre como criar um logotipo pessoal

Criar um logotipo pessoal pode ser bem difícil, pois temos a sensação de que nunca ficou bom, ou até mesmo há pessoas que não sabem nem por onde começar.

Apesar de parecer que o problema é a falta de criatividade, na verdade o que costuma acontecer é uma deficiência em organizar as ideias.

Até mesmo os profissionais da área de designer podem ter alguns bloqueios na hora de colocar os seus conhecimentos em prática.

A marca pessoal é a vitrine de qualquer profissional e por isso é preciso criá-la de maneira eficiente, de modo que mostre o que o mercado quer ver.

Então continue lendo esse artigo e veja como criar um logotipo pessoal adequadamente.

O que é um logotipo?

O logotipo é um símbolo pelo qual a sua marca pessoal será reconhecida por outras pessoas, ou seja, como você será reconhecido e identificado mesmo havendo milhares de concorrentes.

Ele pode ser completo quando possui tanto imagens quanto texto ou ser apenas uma imagem e deve ser muito bem pensado para que transmita as informações e características que você deseja, bem como aquelas que o seu cliente procura.

Por trás do desenvolvimento de um logo deve haver muito planejamento, pesquisa, estudo e, isso deve ser preferivelmente feito por um profissional.

Se você pensa que basta escolher uma boa imagem e uma fonte adequada, se engana. Por trás de um bom logo existem elementos relacionados a:

  • Design;
  • Semiótica;
  • Psicologia;
  • Conceito;
  • Composição;
  • Coloração adequada.
  • Por isso pode ser bastante complexo desenvolver um logotipo pessoal maravilhoso e que atenda tanto às necessidades dos clientes quanto dos profissionais que farão uso dele.

    Etapas para a criação de um logotipo

    Para compreender como criar um logotipo pessoal, veja a seguir quais são as principais etapas para o desenvolvimento dele:

    1. Planeje com simplicidade

    A primeira informação que você deve ter em mente é que quando se trata de logotipo pessoal, na maior parte das vezes menos é mais. Então seja simples.

    2. Pesquise

    Para criar uma boa logo, é essencial conhecer e estudar logotipos de marcas de sucesso e, inclusive se atentar às características usadas pelos seus concorrentes. Assim você terá um bom norte e saberá por onde começar.

    3. Conheça os seus clientes

    O logo deve ser construído a partir daquilo que os seus clientes, ou seja, o seu público quer ver. Sendo assim sempre leve em consideração a persona ao planejar a sua marca.

    4. Observe as tendências

    O design está sempre se transformando e, com bastante frequência novos conceitos são criados e outros são alterados.

    Por isso, além de levar em consideração essa informação na criação, é essencial continuar atualizando a sua marca com o passar do tempo para que ela não fique defasada. Mesmo que as mudanças sejam mínimas, elas são necessárias.

    5. Comece pela parte escrita

    Depois de fazer o planejamento e reunir algumas ideias, inicie fazendo a parte escrita. Pode parecer irrelevante, mas a fonte tem relação direta com o sucesso da sua marca.
    Apesar de haver muitas fontes bonitas disponíveis nos programas de escrita, muitas delas não ficam tão boas quando usadas como logo.
    Então procure por fontes simples e, sempre averigue se são perfeitamente legíveis e se não estão se sobrepondo impedindo a correta visualização.

    6. O símbolo

    Antes de começar a criar o símbolo em um programa adequado é essencial planejar em papel. Você pode fazer alguns rabiscos, não tem problema. O importante é depois conseguir transmitir as suas ideias para o computador.
    Essa etapa exige bons conhecimentos em programas de imagem e por isso, se você não souber como fazer é melhor contratar um bom profissional. Aqui é preciso se atentar aos mínimos detalhes, como alinhamento correto, por exemplo.

    7. A importância das cores

    Ao criar o seu logotipo, ele deve estar em preto e branco, para que então você possa pensar nas melhores cores para ele.

    É claro que provavelmente você possui algumas preferências com relação a isso, mas é essencial saber planejar o uso correto das cores de modo que o seu logo possa ser usado em diferentes locais. Por isso, faça testes antes da finalização.

    Conclusão

    O processo de criação de um logotipo pode não ser dos mais fáceis, pois requer muita reflexão, atenção e cuidado. Lembre-se, porém, que esse esforço nunca será em vão, pois ter uma marca bem pensada traz benefícios!
    Pronto, agora é só colocar a mão na massa e começar a disseminar a sua marca por aí!

    Para mais informações consulte outros posts.



    Comentários

    comentário(s)



    Mais artigos

    Porque usar um VPS?

    Usar um VPS (Servidor Virtual Privado) é uma ótima maneira de aproveitar um pouco...

    Porque usar um firewall?

    Queremos destacar uma das ferramentas mais importantes e utilizadas para proteger um servidor na...

    Como criar um site?

    Impressionar os seus amigos, compartilhar idéias e alcançar pessoas em todo o mundo. Tudo...

    O que é FFmpeg?

    FFmpeg é uma ferramenta que implementa um descodificador e, em seguida, um codificador. Isto...

    O que é código EPP?

    O Extensible Provisioning Protocol (EPP) é um protocolo concebido para a atribuição de objetos...