Mapa de Calor do Site: Entenda sua Importância - Bravulink

Mapa de Calor do Site: Entenda sua Importância

O que é um mapa de calor do site? Como usá-lo? Descubra o que seus visitantes procuraram e acessam dentro dos sites.

Você sabe o que é um mapa de calor do site e para que ele serve?

Heatmaps estão em toda parte nos dias de hoje. Você os vê na previsão do tempo, em sites de imóveis, jogos de futebol… Basicamente, em qualquer lugar onde haja dados para exibir.

Isso é porque eles são uma ótima maneira de ver os dados para as tendências e entender o que fazer a seguir.

Hoje em dia, os mapas de calor são a ferramenta mais usadas para representar dados estatísticos complexos. Médicos, engenheiros, profissionais de marketing, sociólogos, pesquisadores de todos os tipos, usam heatmaps para tornar complexos conjuntos de dados em dados compreensíveis e acionáveis.

Esse é o segredo do sucesso deles: gráficos precisam ser interpretados, tabelas precisam ser entendidas, mas os mapas de calor são auto-explicativos, intuitivos.

O que é um mapa de calor do site?

Se você estiver olhando para uma página da Web e quiser saber quais áreas recebem mais atenção dos visitantes, um mapa de calor lhe mostrará isso, de forma visual e fácil de assimilar para tomada de decisões.

Essa ferramenta usa espectros de cores quentes e frias para mostrar quais partes de uma página recebem mais atenção.

Este mapa de calor mostra onde mais o visitantes da página interagiram:

Mapa de Calor do Site 1

Mapa de Calor Tradicional

Onde o conteúdo mais importante deve estar nesta página?

Você pode pensar em heatmaps como uma forma de narrativa visual. A criação de um mapa de calor ajuda você a transmitir informações instantaneamente, para que os mapas de calor sejam uma excelente ferramenta para visualizar dados de análise e atividades na Web.

Como funciona um mapa de calor?

O software de mapeamento de calor funciona coletando dados de uma página da Web e exibindo esses dados na própria página. Primeiro tira-se um instantâneo da página da web no URL que você selecionou. Quando o HTML da página é carregado, versões do que é carregado são enviadas para os servidores também, graças a uma pequena seção do JavaScript inserida no código do seu site.

Em seguida, é criado um mapa de todos os elementos da sua página – tudo com o que qualquer pessoa pode interagir. Suas tags e seus elementos pai são usados para criar um mapa da atividade do usuário em sua página.  Em seguida, coletam-se todos os dados da atividade. Toda vez que um visitante faz algo na sua página, isso é sinalizado. Quando você olha para seu mapa de calor, você vê quais áreas da página geram mais ação e quais não.

Tipos de mapa de calor

Além de mapas de calor, há relatórios que podem mostrar de onde vieram seus cliques, até onde os visitantes rolaram e muito mais.

O Mapa de Calor original

Você obtém uma visão geral de onde seus visitantes clicam em sua página – quanto mais cliques, mais clara a área, criando o que chamamos de “pontos de acesso”.

Mapa de rolagem

Mapa de Calor do Site 2

Mapa de Rolagem

Conteúdo mais longo ou mais curto? Onde deveria ser esse CTA ( Call to Action )? O mapa de rolagem demonstra até que ponto os visitantes fazem a rolagem de uma página e que elementos eventualmente são ignorados ao longo da rolagem. Isso é importante porque, se a maioria de seus leitores não estiver lendo suas postagens longas, talvez seja melhor gastar seu tempo criando outros tipos de conteúdo. O mapa de rolagem informa o ponto ideal para um CTA no seu site, ou seja, onde a maioria dos olhos vê. Mudanças súbitas e fortes de cores podem indicar que os usuários “acham que o que segue não está mais conectado ao que veio antes”.

Confete

Mapa de Calor do Site 3

Mapa de Calor Confete

O confete é uma versão altamente específica de um mapa de calor tradicional. É uma visualização de alta resolução que permite ver cliques individuais, cada um representado por um ponto colorido no relatório.  Por que é importante? Em parte porque você ficará surpreso com as coisas estranhas em que as pessoas clicam. Isso, incluindo elementos não clicáveis. Isso pode fornecer informações exclusivas sobre como os usuários navegam ou não navegam em seu website. Por exemplo: uma determinada página tenha alta repercussão. O relatório de confetes revela que os usuários visitam essa página, tentam clicar em vários itens diferentes, que não são clicáveis ​​e, em seguida, ficam frustrados e saem.  Eles querem clicar – eles simplesmente não conseguem descobrir como. Agora você sabe o que mudar para converter a página.

Overlay

Mapa de Calor Overlay

O relatório de sobreposição divide os cliques no seu website em porcentagens por elemento. Isso permite que você veja exatamente quais elementos individuais geram cliques. Você pode ver na miniatura acima que há pequenos sinais de adição na página. Cada um deles representa um elemento de página e sua cor representa quantos cliques recebem. O azul é o menor, enquanto o verde, laranja e vermelho representam progressivamente mais cliques.

Mapas de calor: quando você deve usá-los?

O tempo todo! Os heatmaps são tão úteis e tão intuitivos que você deve verificá-los regularmente. Aqui estão alguns cenários em que ter os dados do mapa de calor são úteis pode ajudá-lo a tomar melhores decisões de marketing rapidamente:

Redesign do site

Redesenhar um site pode ser uma tarefa cara e demorada. A última coisa que você quer é um novo design que não funcione melhor que o original.
Assim, os designers gráficos podem usar as ferramentas de mapeamento de calor para entender como o usuário se comporta diante de a elementos gráficos. Saber como seu público se comporta em seu site pode evitar que você tenha um site que não converta ou que seu público específico ache difícil de navegar.

Teste A / B

Os testes A / B fornecem pontos críticos de conversão que podem ser a diferença entre um negócio em rápido crescimento e outro que luta para sobreviver. Os mapas de calor podem fornecer insights úteis e instantâneos sobre o que os usuários fazem de maneira diferente. É possível ver a taxa de conversão da página e entender o porquê uma página é convertida melhor do que outra. Talvez uma página mais longa converta melhor, então você pense: vamos tornar todas as nossas páginas longas. Pode fazer sentido. Mas, e se aquela página mais longa tiver alguma outra característica? Com um mapa de calor do site, você pode ver imediatamente onde as pessoas rolam e onde clicam, iluminando estas e outras dúvidas sobre a usabilidade do site.

Marketing de conteúdo

Ainda hoje, a maior parte do conteúdo é escrito. São palavras em uma página. Seus usuários estão lendo? Os mapas de rolagem podem mostrar até que ponto os usuários percorrem a página, para que você saiba se eles estão lendo seu conteúdo. Confira quais CTAs recebem mais atenção com um mapa de cliques e você saberá mais. Ele identifica casos de uso, documenta o que os clientes existentes estão fazendo e analisa por que isso é importante e por que tantas soluções existentes não funcionam. 

O que você pode aprender com um mapa de calor 

Os dados do Mapa de Calor do site podem ajudá-lo a ver rapidamente:

• Quais manchetes atraem visitantes e fazem com que eles cliquem;

• Quais imagens atraem a atenção e o que as pessoas fazem sobre isso. Você ficará surpreso com quantas pessoas tentarem clicar na imagem;

• O que distrai os visitantes do conteúdo principal.

Você também pode usar um mapa de calor para descobrir: 

• Se sua navegação está funcionando (os usuários sabem que ela está lá?);

• Se as pessoas podem localizar facilmente as opções de pesquisa;

• Se os visitantes estão lendo seu conteúdo e o quanto dele ( Este é um caso de uso enorme para mapas de rolagem! ).

Saiba ainda:

• Onde colocar o conteúdo que é mais importante para os objetivos do visitante;

• Onde a maioria dos usuários olha em uma página (normalmente é o topo e a esquerda – as pessoas tendem a ler páginas da web em um padrão ‘F’ ou ‘Z’);

• A diferença entre o que homens e mulheres, públicos mais velhos e mais jovens e pessoas de diferentes localizações geográficas querem de conteúdo;

• Quais imagens estão sendo vistas, como os usuários estão interagindo com elas e como usá-las com mais eficiência.

Fique sempre por dentro!

Esperamos que este artigo tenha lhe ajudado a conhecer um pouco mais sobre essa importante ferramenta. Fique ligado no Bravublog para mais dicas sobre programação e desenvolvimento de sites.

Até a próxima!



Comentários

comentário(s)

Tags: , , , ,

Related posts

Porque usar um VPS?

Usar um VPS (Servidor Virtual Privado) é uma ótima maneira de aproveitar um pouco...

Porque usar um firewall?

Queremos destacar uma das ferramentas mais importantes e utilizadas para proteger um servidor na...

Como criar um site?

Impressionar os seus amigos, compartilhar idéias e alcançar pessoas em todo o mundo. Tudo...

O que é FFmpeg?

FFmpeg é uma ferramenta que implementa um descodificador e, em seguida, um codificador. Isto...

O que é código EPP?

O Extensible Provisioning Protocol (EPP) é um protocolo concebido para a atribuição de objetos...
Top